Serra Leoa

Região
África Ocidental

Capital
Freetown

Extensão Territorial
71.740 Km²

Idioma
Inglês

Idiomas Adicionais

População Total
5.997.486 habitantes

Fonte População
Indicators on Population. In United Nations Statistics Division. Demographic and Social Statistics. Statistical Products and Databases. Social Indicators, 2011.

Total PIB
2.064 milhões de US$

Total PIB
Indicators on Population. In United Nations Statistics Division. Demographic and Social Statistics. Statistical Products and Databases. Social Indicators, 2011.

Moeda
Leone

Histórico
SERRA LEOA - País africano, banhado pelo Atlântico, limitado a norte e a leste pela Guiné, a sudeste pela Libéria. Há mais de uma versão para a origem de seu nome, que foi dado pelo navegador português Pedro de Sintra, em 1460, quando avistou a costa do país. Segundo uma versão, Sintra teria visualizado a figura de uma leoa, no contorno de uma serra. Há também outra explicações como trovões rugiam no alto da serra, ou que o barulho do entrechoque das águas do mar com as pedras fosse semelhante a um rugido, ou ainda pela aspecto áspero e inóspito da costa avistada pelo navegador. E foi exatamente graças à aspereza de seu relevo e por sua densa floresta, o território ficou fora da influência dos grandes impérios tribais que se estabeleceram ao fim do primeiro milênio da era Cristã no Alto Níger. Somente por volta do Século XV, fluxos migratórios vindos do Sudão, especialmente os mandês, chegaram àquele território, expulsando os nativos bulom para as áreas de floresta mais densas e para as ilhas. Além dos bulom, a região era ocupada pelos timne, que estavam fortemente estabelecidos ali e conseguiram resistir aos mandês. Depois de Sintra ter avistado aquela terra, os portugueses deram início à sua ocupação. No início do Século XVI, já tinham estabelecido feitorias destinadas ao comércio de produtos nativos e especialmente para o tráfico de escravos. Pouco tempo depois, toda a região era disputada de forma encarniçada por traficantes portugueses, franceses, ingleses, holandeses, dinamarqueses e prussianos. Do Século XVI ao XVIII, essa foi a principal atividade que atraía europeus à Serra Leoa. E mais: piratas atacavam os navios negreiros, com o intuito de se apossarem de sua carga. Todavia, pouco a pouco a Inglaterra foi se estabelecendo mais firmemente na região. Em 1787, Granville Sharp chega àquelas terras com um grupo de escravos libertos para fundar a cidade de Granville Town, que tencionava ser uma espécie de refúgio para escravos fugitivos. Tal empreendimento contrariava os interesses locais, especialmente dos timnes, que capturavam membros de outras tribos para vendê-los aos traficantes. Em 1791, a companhia Sierra Leone Company assume a cidade, com apoio do governo inglês e dos abolicionistas britânicos, e refundam o lugar com o nome de Freetown ("cidade da liberdade", em português). O lugar passa a ser um centro de referência para abolicionistas e ex-escravos que para ali se dirigiam em busca de oportunidade de trabalho livre. Serra Leoa passa a ser colônia oficial da Inglaterra no início do Século XIX. O país recebia negros vindos de várias partes do mundo, cada um com hábitos diferentes. Estando em um protetorado inglês, optaram por hábitos europeus e tomavam o partido dos ingleses, entrando em choque com os nativos. Estes resistiram e os conflitos foram inevitáveis. Após uma guerra que durou cerca de um ano, os insurgentes foram massacrados, e o poder inglês se consolidou na região por um século e maio. Na década de 60 do Século XX, os leoneses iniciaram conversações para tornarem-se independentes. A Inglaterra não queria perder os investimentos locais. Em 1971, após vários golpes de estado, Siaka Stevens, do Congresso de Todos os Povos (APC) proclamou a independência de Serra Leoa. Sua presidência durou 17 anos, e no meio de uma grave crise foi seguido do general Joseph Momoh. A partir daí a história de Serra Leoa se transforma numa sucessão de conflitos internos e um crescente clamor por democracia, que tirassem o país do caos econômico em que se achava. Em 1995, o país mergulhou numa violenta guerra civil que perdurou por muitos anos. Milícias contrárias ao governo, atacavam a população, matando e saqueando, afirmando que a estavam libertando. Para piorar a situação, descobriram diamantes no país, o que atraiu a cobiça de traficantes de armas, que vendiam artefatos de guerra para rebeldes e governo, recebendo em pedras preciosas. Recentemente, Serra Leoa foi pacificada, embora se mantenha entre os países com piores indicadores sociais do planeta. Atualmente, está na presidência Ernest Bai Koroma.

Mapa